Onde ficar em San Diego - Califórnia


San Diego é uma grande cidade com ar de interior em quase todas as áreas, encontrar a região perfeita para ficar depende de alguns fatores como seu orçamento, suas preferências e seu estilo de viagem. Nesse artigo vou contar um pouco da minha experiência e mostrar os prós e contras de cada uma das áreas para se hospedar em San Diego.

Downtown
A região central da cidade e também a mais movimentada no dia a dia, onde ficam localizados os grandes prédios comerciais e também alguns residenciais. Downtown foi onde eu fiquei e não poderia ter escolhido lugar melhor para meu estilo de viagem. Essa área não fica próxima à praias (de areia), mas fica do ladinho da bahía, com vários píeres e barcos/navios atracados. É dali que saem os passeios de barco, inclusive o tour de observação de baleias, que pode ser comprado ali mesmo.
Essa é minha região favorita pois, além de uma vista linda para fazer caminhadas ou passear de patinete motorizado, você ainda encontra restaurantes turísticos e várias lojinhas de tranqueiras bem legais no Seaport Village. Little Italy também fica nessa região e é uma ótima pedida para o jantar: cheio de cafeterias e restaurantes italianos com preços variados.

Essa área não é uma das mais baratas devido à sua localização. Eu fiquei no ITH AdventureHostel como voluntária pelo Worldpackers, por isso não tive que gastar com acomodação.


Gaslamp
Uma das áreas mais caras de San Diego, onde estão localizados todos os bares, casas noturnas, restaurantes e rooftops da cidade. Cheio de vida e luzes, a região de Gaslamp definitivamente foi feita pra quem gosta da vida noturna. Alguns bares bem típicos que recomendo para quem quer conhecer a cultura americana são American Junkie (entrada free), Coin OP (entrada free) e Double Deuce ($5 para entrar).
Todos os bares nos Estados Unidos só permitem a entrada de maiores de 21 anos.


Ocean Beach
É a primeira praia de areia da cidade e fica a mais ou menos oito quilômetros de Downtown. Uma das minhas coisas favoritas é o Ocean Beach Farmers Market que ocorre todas as quartas-feiras a partir das 18h, ali também tem muitos bares badalados e muitas apresentações artísticas com música e fogo. A dica é chegar antes do por do sol para poder apreciá-lo no píer de OB. Os hostels por ali não são tão caros e a região é cheia de pessoas alternativas vivendo da sua própria arte, o que é incrível de ver e apreciar.


Pacific Beach
Fica logo depois de OB e é onde ficam as pessoas “descoladas” RISOS. Você já deve ter escutado o termo Basic Bitch por ai, que faz referências àquelas pessoas de classe média alta, com roupa de marca e balada todo fim de semana. Não é necessariamente um termo pejorativo já que muitas meninas costumam se autodenominar assim. Esse é o estilo das pessoas que ficam ou vivem em PB, para mim é a típica cena californiana: uma avenida larga com palmeiras por toda parte, sol o tempo inteiro, umas meninas caminhando na calçada com biquíni ou roupa de ginástica e um copo de algum suco saudável na mão, surfistas,  conversíveis passando e gente feliz por toda a parte.
Eu amo ir para PB e ficar observando tudo ao meu redor e lá é cheio de casas de temporada com preços justos, inclusive a rede de hostels que eu fiquei tem um hostel lá também, o ITH Beach Bungalow, que fica basicamente na areia da praia, de frente para o mar!


La Jolla
Se você achou que  PB era a cara da riqueza, espera até conhecer La Jolla! Lá é onde ficam as pessoas verdadeiramente ricas, com mansões e casas que você só vê em filmes de Hollywood. Geralmente as praias são bem cheias, já que todos mundo quer passar o dia por ali, mas não deixam de ser lindas. Uma das coisas mais legais de La Jolla é que você pode ver focas de pertinho (muito pertinho mesmo, quase dando pra tocar nelas – porém não recomendado), além da possibilidade de visitar praias mais reservadas como a Black’s Beach, onde vi um pôr do sol de tirar o fôlego e..... GOLFINHOS! Sim, parece mentira e eu não acreditaria se alguém me contasse, mas eu vi golfinhos pulando nas ondas enquanto admirava o pôr do sol! Recomendo demais essa praia, não só pela possibilidade de ver essas criaturas lindas, mas também por que tem uma das vistas mais incríveis, tanto na direção do mar, quanto na direção das montanhas de pedra que protegem a praia.


Com certeza tem outras regiões menos badaladas para ficar em San Diego, como Old Town e a área ao redor de Balboa Park e do Zoológico, e outras provavelmente mais baratas também, mas esses são os principais pontos que os turistas devem conhecer quando vierem e não acho que compensa ficar num lugar mais distante e ter que pagar transporte todos os dias para chegar em lugares legais. San Diego não tem metrô, apenas um trolley que não chega em todos os pontos da cidade, mas você pode pegar um patinete motorizado em qualquer esquina e desfrutar das vistas incríveis que essa cidade tem para oferecer!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.

INSTAGRAM: @beautyfull_blog