Como encontrar passagens baratas de verdade


Viajar mais está entre a meta da maioria das pessoas, mas nem sempre a gente consegue tirar os planos do papel, principalmente quando a gente não conhece muito bem os sistemas que podem facilitar a realização desse sonho. Alguns aplicativos e sites hoje em dia já facilitam bastante nossas vidas, não apenas no momento da compra das passagens e reserva do hotel/hostel, mas também na hora de decidir seu próximo destino, baseando-se em sua localização e no seu orçamento.

A Skyscanner é uma das minhas ferramentas favoritas para esse tipo de pesquisa. Quem tem flexibilidade de datas, por exemplo, pode checar no site qual dia fica mais barato para comprar a passagem daquele destino que você está namorando há algum tempo. A dica é escolher o local de saída e o local de chegada e na hora de escolher as datas, colocar “mês inteiro” e selecionar o mês que deseja ir, ou ate mesmo “mês mais barato” e esperar para que os resultados te mostrem qual a época mais barata para viajar para aquele destino.
Se você ainda não tem muita certeza de onde quer ir, melhor ainda! O site também tem uma ferramenta que te dá opções de destino bem baratos, baseado no seu aeroporto de saída. Para isto, basta colocar o destino para “qualquer lugar” e esperar as opções de cidades, países e datas aparecerem.

Outra vantagem da flexibilidade é a opção de “adicionar aeroportos próximos”. Essa opção pode te ajudar a economizar muita dinheiro só pelo fato de que as vezes, chegar numa cidade próxima ao seu destino e pegar um ônibus até o hotel são muito mais barato do que chegar direto no destino. É mais trabalhoso sim, mas esse blog é justamente para ajudar os mochileiros raízes a economizarem e viajarem muito mais, por isso acho essa dica sempre válida.



Outras dicas já conhecidas, mas importantes de serem lembradas são:

- Voos durante a semana, especialmente os de terça e quarta, geralmente são mais baratos, pois a maioria das pessoas preferem viajar nos finais de semana, o que encarece muito as tarifas.

- Colocar um alerta de preço no site da Skyscanner para o trecho que você quer é um ótimo negócio, pois você irá receber no seu email os valores atualizados no dia que o voo estiver mais barato.

- Terças-feiras são os dias em que as cias aéreas lançam promoções de passagens que “sobraram” então é um ótimo dia para fazer pesquisa de passagens.

- Use sempre o seu navegador em modo anônimo (ou sempre use navegadores diferentes), isso ajuda a evitar o rastreamento das suas buscas e, consequentemente, evita o aumento do valor das passagens numa possível próxima pesquisa.

- Deixar para comprar nu último minuto já não é mais um bom negócio. O ideal é comprar as passagens com até 60 dias de antecedência para voos internacionais. Mesmo assim, se você tem um dinheiro guardado e bateu aquela loucura de viajar de ultima hora, não é impossível achar passagens baratas para, por exemplo, daqui uma semana. A melhor dica é deixar o alerta de preços (citado acima) ligado para estar sempre por dentro das atualizações.

- Assine as newsletters. Eu sei que nem sempre é legal ficar recebendo vários e-mails de propaganda e a maioria deles não servem para você, mas eu já consegui aproveitar muitas promoções ótimas por conta desses e-mails, então vale a pena!

E ai, gostou das dicas? Comenta aqui se você tem algum truque de compra de passagens baratas!

4 comentários:

  1. Gostei muito das suas dicas. Estarei programando ir p Miami e outros estados no verao e vou precisar muito de dicas como essas. Valeu !

    ResponderExcluir
  2. Oi Nathalia. Adorei seu texto , mto explicativo.. Bom, mês que vem vou estar iniciando meu Mochilão pela America Central e depois Sul. Porém, tenho uma duvida ! Como fica a respeito da compra das passagens durante a viagem, seja ela aérea , terrestre, tem q ser com antecedencia . Primeiro , vou pro Mexico e, depois pretendo Guatemala e depois o vento vai levando, conforme os planos durante a viagem. É necessário mostrar passagem de volta pro Brasil (se nao sei qndo volto) ou sempre pro proximo destino? Isso , se caso a imigração de algum pais perguntar "Cade sua passagem de volta pro Brasil?" como procedo? Ajudem-me por favor. Desde ja agardeço :-*

    ResponderExcluir
  3. Oi, Linda! Tudo bem? Vou contar a minha experiência porque provavelmente varia de pessoa para pessoa. Eu comecei pelo chile e fui subindo a américa do sul, sempre só com a passagem para o próximo destino. Quando fui da colômbia para o mexico eu preferi comprar a passagem de saída do mexico para o brasil, porque sabia que a imigração no mexico seria bem chata por conta da divisa com os EUA. Eles me pediram confirmação de hostel e também a minha passagem para o brasil perguntaram porque eu iria ficar tanto tempo e o que eu fazia.
    Isso foi na primeira vez que fui, já na segunda eu tinha o visto americano. Então eles só olharam meu visto no passaporte e não perguntaram nada, nem pediram confirmação de hostel e muito menos passagem. POr isso acho que você deveria ter a passagem de volta sim, mesmo que não seja para o brasil, uma passagem para a guatemala já resolve, porque meu amigo estava comigo e tinha a passagem dele para a guatemala e foi tranquilo também. Sempre tenha todos os documentos em mão: seguro viagem, hotel, passagens, etc. Porque na hora a gente fica nervosa e pode ser um problema hehe. Espero ter ajudado! Beijos e boa viagem!!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.

INSTAGRAM: @beautyfull_blog