Como ter uma boa autoestima?

12:17

Muito se fala sobre autoestima, sobre como melhorá-la e manter-se de bem com a mesma. A autoestima nada mais é do que o sentimento que cultivamos a respeito de nós mesmos, sobre como nos vemos e nos percebemos. Muitas pessoas tem problemas com autoestima, fazendo um julgamento negativo a respeito de si mesmo, apresentando o que chamamos de baixa autoestima.

A autoestima tem origem nos nossos pensamentos, quando fazemos um julgamento de nós mesmos levando em consideração aspectos como imagem corporal, personalidade, relacionamentos, realização profissional, sobre como poderíamos ser melhores, dentre outros. Esses pensamentos formam crenças que podem ser positivas ou negativas, sendo assim, quando construímos crenças positivas a nosso respeito, estaremos com a autoestima elevada, caso contrário, ao construir crenças negativas, a autoestima será baixa, podendo interferir até mesmo na forma como nos relacionamos com as outras pessoas. A baixa autoestima também pode estar ligada com eventos passados, acontecimentos traumáticos.
Atualmente, existe um culto ao corpo e a sociedade cobra cada vez mais que as pessoas tenham o corpo perfeito e isso tem sido motivo para muitas pessoas se cobrarem e desejarem alcançar a tal perfeição. Porém, quando não é possível alcançá-la, vem a frustração, o sentimento de incapacidade e uma crença negativa sobre si faz com que as pessoas sofram, se bombardeando com cobranças e se colocando para baixo, sentindo-se feias e desajustadas. É preciso lembrar também que cada ser humano tem seu limite e possui características próprias que as vezes não podem ser mudadas, sendo assim, é preciso valorizar outros pontos positivos a respeito de si mesmo. É claro que, devemos nos cuidar, um pouco de vaidade não faz mal e contribui para elevar a autoestima. Frequentar a academia para se manter saudável e eliminar uma gordurinha que lhe incomoda, arrumar-se de forma que se sinta confortável e lhe agrade são maneiras que encontramos para nos sentirmos bem e manter a autoestima saudável. Mas, sem exageros. 

Procure se alimentar de forma saudável para não ter problemas de saúde que também é um fator que interfere na autoestima, pratique um esporte de sua preferência ou alguma atividade que lhe agrade, separe um tempo para si, procure evitar pensamentos negativos a respeito de si mesmo, busque sempre reforçar suas qualidades e melhorar no que for possível, dentro do seu limite. Devemos sempre nos sentir bem conosco em primeiro lugar. Não devemos nos deixar ser escravos da moda, da indústria da beleza ou da sociedade exigente.

Jéssica Storti Cirino
Psicóloga - CRP: 06/119524
                                     

Acho que você vai gostar:

0 | Comente!

Tecnologia do Blogger.

Fotos do Instagram